Destaques Israel Pratos & Copos

Em Israel, beber suco natural de romã é “obrigação”

Uma das experiências gastronômicas mais significativas para mim, no Estado de Israel, é tomar o docinho suco de romã. Indico esta bebida na sua viagem ao país, caro(a) leitor(a). Imperdível. Você pode comprar a fruta nos mercados (foto acima) e também comer a “carne” envolta nas sementes.

A romã (Punica granatum) é o fruto da romãzeira, árvore originária do Irã e muito cultivada em Israel. Em hebraico, recebe o nome de rimon.

A fruta é muito presente na religião judaica. “A romã é uma das Sheva Minim (sete espécies) de plantas com as quais a Terra de Israel foi abençoada”, explica o site do movimento religioso judaico Chabad. Há ainda outros significados.

Eu com um copo de suco de romã numa viagem em 2013 a Israel
Romãs em barraca em um dos mercados israelenses
Também dá para comer a romã desta forma

ESPREMIDO NA HORA
O suco de romã é vendido em carrinhos e barracas de frutas e de sucos, ou mesmo em lanchonetes de falafel e shawarma. Custa entre US$ 3 e US$ 4 – o equivalente a cerca de R$ 12 a R$ 16 pelo câmbio atual.

A pessoa corta a romã em duas metades e espreme a fruta na hora. O sabor é ótimo, bem doce. A cor é muito bonita também: bem rosa. Portanto, estando em Israel, aproveite e beba bastante suco natural de romã. Bom apetite!

0 comentário em “Em Israel, beber suco natural de romã é “obrigação”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: